Pitacos – Nas malas do Willard Asylum…

Sabe quando um assunto te toca o coração? Então, de clique em clique cheguei no projeto Willard Asylum Suitcases e não consegui tirá-lo da cabeça. Achei tão bonito, tão sensível, tão necessário…

Asilos, manicômios e demais entidades que “acolhem pessoas com problemas” sempre me chocam e me emocionam. Conheço bons lugares, conheço maus. Entendo as necessidades de sua existência, mesmo não concordando com seus métodos. Tenho comigo uma angústia destes lugares (Freud explica…) que de algum modo me deixam à boca as memórias de ditaduras, guerras e demais situações demasiado humanas de barbárie… . Mas o que me consterna é:

Como é que a humanidade esquece/apaga todos os dias dos dramas vividos pelas pessoas que são enclausuradas? Seja por opção, necessidade, ou *insira aqui um motivo*.

Nunca me coube na cabeça este pensamento e a ele me remetem as fotografias do W.A.S.. Precisamos expor nossos dramas, esclarecer nossa história, lutar pela memória dos esquecidos, dos desaparecidos, dos deletados, da humanidade. A fotografia anda tão banalizada na sociedade da selfie que esquecemos de sua capacidade de resgate histórico, dos belíssimos trabalhos sociais de reconstrução da memória que podemos fazer.

No projeto W.A.S. o fotógrafo Jon Crispin retrata as malas encontradas no Centro Psiquiátrico Willard que hoje pertencem ao New York State Museum. São 400 bagagens que foram encontradas no sótão da instituição, cujos donos foram “admitidos” entre 1910 e 1960.

[quote]”Eu os vi pela primeira vez em 2003, em uma exposição no Museu, onde foram exibidos um pequeno número das malas. Foi muito comovente ler as histórias dessas pessoas, e ver os objetos de suas vidas antes de se tornarem residentes de Willard, e eu estava determinado a fotografar mais desses casos para que outros pudessem experimentar o que eu sentia” – Jon Crispin[/quote]

O projeto foi um sucesso por duas vezes no Kickstarter (aqui e aqui – aguardamos o livro, Jon!). As fotos são de extrema sensibilidade e relatam muito sobre costumes, imigração, pessoas, manias e afins.

Uma ótima oportunidade de reflexão. Quem sabe uma inspiração.

Tire um tempo, vá a galeria de fotos e visite as malas: CLIQUE AQUI.

Imperdível.

Créditos das fotos – Imagens  utilizadas para divulgação espontânea do projeto. Direitos reservados a Jon Crispin. — ALL PHOTOGRAPHS ©2013 JON CRISPIN. ALL RIGHTS RESERVED

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.