Pequeno Aventurista – A tirolesa

Hoje a coluna foi invadida por mim, Mariana, 29 anos, designer e mãe do Caique de 5 anos e escrevo no Octopus Mom aqui n Brasa. Não vamos falar de montanhas, rios e cachoeiras, vamos falar de buffet infantil, afinal… Ele acabou de fazer 5 anos e ano passado enfrentou o desafio mais radical que sua idade e seus medos permitiram.

Pra quem não tem filho e não frequenta muito festas infantis em buffet, não deve estar familiarizado com esse assunto, mas existe a tirolesa. Alguns buffets montaram uma espécie de arvorismo indoor, em que as crianças sobem e fazem um percurso no alto e normalmente acaba com uma tirolesa, as vezes com aquelas cadeirinhas de alpinismo ou com um “barquinho de madeira”.

34

Pode parecer simples e fácil para nós, mas para as crianças é algo super hiper mega radical! Algumas não sentem esse medo e aproveitam o brinquedo a festa toda, mas nem tudo é sempre flores, não é mesmo? O Caique sempre olhava admirado e empacava. Dizia que tinha medo de altura não ia subir de jeito nenhum!

Foi um ano inteiro de trabalho intenso, estimulando ele para ao menos tentar ir no brinquedo e que se não gostasse não precisaria de novo. Começamos as tentativas em fevereiro e no início foi totalmente sem resultados. Até que em dezembro (SIM! SOMENTE EM DEZEMBRO!), no final de uma festinha eu disse “Cacá! Vai nesse brinquedo aqui, que eu vou junto com você embaixo acompanhando do chão o tempo todo, que tal?” E deu certo!

Ele subiu e começou o trajeto, conseguiu chegar na primeira base sem precisar muito da ajuda dos monitores. Na segunda para a terceira base ele estava com mais dificuldade para alcançar o próximo tronco de madeira pela distância, até que nas mesas embaixo tinha uma parte da família dos aniversariantes e eles começaram a torcer e vibrar junto com ele dizendo “vai que você consegue! estica mais!”. Foi como um fôlego de coragem, ele continuou e conseguiu novamente sem ajuda. Da terceira para a quarta base eram troncos móveis e ele não estava conseguindo mesmo, aí o monitor foi junto com ele até chegar na base final.

Na última base não tem mais jeito: ou desce de tirolesa ou desde de tirolesa! Eu gritei de lá de baixo “Vamos Cacá! Você está quase no fim! Você vai conseguir!”. Ele respirou fundo, fechou os olhos e foi… no meio do caminho abriu os olhos e quando chegou estava totalmente radiante com o que tinha acabado de conseguir!

E foi assim que ele perdeu o medo! Agora nas festinhas ele sempre vai uma, duas ou dez vezes. Meu pequeno aventurista ♥.

Acho que ser “aventurista” é algo que vem de dentro.
Pode ser subindo montanhas, ou por simplesmente fazer algo novo emocionante que antes tinha medo.

Próximo desafio: Voar de balão em família esse ano. Será que vai dar certo?

2 thoughts on “Pequeno Aventurista – A tirolesa

  1. Acho incrível os buffets terem essas atividades dentro.
    Uma forma divertida e segura de entreter, plantar a semente da aventura e superar desafios com as crianças.

  2. É bem legal 🙂
    Caique perdeu o medo e agora se diverte! Sobre o passeio de balão, ele ainda está amadurecendo a ideia. rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.