Pequenas Felicidades – O mundo não acabou!

Desculpe aos videntes de plantão, nos anunciaram que o mundo acabaria em tantas oportunidades diferentes, Y2K, Nostradamus, cometas, seitas, sociedades secretas, borra de café ou qualquer outra data pré determinada para o fim de tudo que conhecemos, também houveram aqueles na sua vida, quando algo não deu totalmente certo, quando sujou sua roupa na adolescência, quando foi mal na prova e quando chegou a fatura do cartão de crédito.

A única coisa em comum entre todos esses eventos é a nossa ridícula mania de exagerar os eventos e decretar o fim das nossas vidas quando as coisas acontecem, sem utilizar a nossa capacidade de enxergar o lado bom das coisas e as soluções que em muitas oportunidades acabam sendo muito mais simples e reais do que se poderia imaginar.

Então pare um pouco, pense e racionalize qual a maneira correta de colocar as coisas nos trilhos novamente, sempre que pensamos que é o “fim do mundo” estamos simplesmente esquecendo de buscar a solução, e acima de tudo, quando não houver solução aparente, siga em frente, pois aquilo que não tem solução já “está resolvido”, por pior que seja a resolução, isso não te impede de ir além, fazer o melhor e eventualmente superar qualquer barreira que foi colocada no seu caminho, mesmo que com algum atraso.

A prática cotidiana prova que, o início de atividade geral de formação de atitudes cumpre um papel essencial na formulação das formas de ação, nos proporcionando um caminho e uma definição inteligente e clara para a resolução de problemas.

AVISO
Como sempre fica o alerta, o título da coluna tem nome e-mail de Spam, para ver se alguém tem tempo de ler antes de tudo acabar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.