Ogrices – Garotas Gamers

Vamos começar destacando que esse não é um post falando sobre garotas conquistando seu espaço, é mais um desabafo de um velho nerd que se irrita bastante com as “novidades” que aparecem no nosso universo desde que viramos a moda do momento. Há um tempo atrás em um site de jogos ele perguntava qual tipo de jogador as pessoas eram, entre as opções haviam Sports Gamer, Casual Gamer, Hardcore Gamer, PC Master Race, Console Gamer e por fim o que mais me surpreendeu, ele dizia “Girl Gamer”, fiquei pensando qual seriam os jogos dos jogadores desse “estilo”.

Ao contrário do que algumas pessoas imaginam o nosso universo nerd sempre teve as jogadoras, elas interagiam, faziam parte de grupos, guildas e sempre foram respeitadas exatamente pelo que elas eram, jogadoras de videogames, assim como todos nós elas tinham habilidades e características únicas que se destacavam sem a necessidade de utilizar o sexo como autopromoção, elas não estavam tirando fotos de calcinha segurando o controle, não estavam de biquini na webcam pedindo ajuda, não estavam mendigando itens no servidor, elas estavam jogando como sempre, melhorando suas skills, montando os equipamentos, liderando guildas, dando headshots, healando e ajudando todos os jogadores.

gamer-girl-controller

As garotas sempre foram parte ativa da nossa comunidade, faziam parte das brincadeiras, se diziam velhos carecas que viviam no porão da casa da mãe porque “garotas não jogavam” e elas gostavam das brincadeiras e lendas em torno disso, eram uma de nós sem precisar de uma tag especial que as definia como um tipo de gamer.

Uma hora a moda termina, ser geek não vai mais ser tão legal, jogos vão voltar a ser o que eram antes e os nerds serão sempre os bons e velhos nerds, o termo da moda vai sumir e o exemplo que vamos deixar para as próximas meninas que decidirem jogar vai ser o melhor possível, pois as “Girl Gamers” por aí servem apenas para envergonhar o que tantas jogadoras habilidosas conquistaram com o tempo. Vocês que estão aí jogando, procurando melhorar, aprendendo e melhorando, sejam sempre bem vindas, vocês não são “garotas gamers”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.