Ogrices – 30, o novo 18.

Quase 30. Na semana dos 30. A porta dos 30 abriu e? 

E me sinto como aos 18. Não, não é o viço heroico dos 18… Mas a espera, a ansiedade, a intriga de que esse número te trará alguma coisa “uálabi” são as mesmas sensações da maioridade. Quando na verdade não acontece nada.

auto-so-close-meme-18-years-198767

Não tô falado do óbvio… O corpo muda, muitas coisas mudam e nesta coluna vocês tem acompanhado todos os meandros dessa minha jornada de ficar velho. Tô falando da magia que está envolta nos 30, as crises, as sabedorias, os furos…

Os 30 vem, as promessas nada. Esperei tanto meus 18 anos, minha carteira de motorista, minhas culpas, minha autonomia, uma liberdade de escolha… Fora  a carteira de motorista, todas eram afirmações de coisas que eu já tinha, apenas não sabia usar. E que por longa data continuei usando pifiamente, porque com 18 anos você é um idiota…

b44e86cd7657adcb7c67d6f70a52b6ef

Agora, aos 30, esperei que a crise me afetasse mais, que eu tivesse mais certezas, que viesse uma nova autonomia, que… E nada. Só não emagreço mais com a mesma facilidade de antes… E agora a única coisa que eu espero com todas as minhas forças e 30 anos nas costas é que eu não seja mais tão idiota quanto antes.

Acho que pequenos marcos da vida servem para ser comemorados (sem mojitos). O que eu consegui em 30 anos? Muita gente vai falar de suas conquistas materiais. Eu consegui conquistar felicidade, aprender sobre mim e consegui ser sincero com o que e quem me faz feliz. Essa é parte da magia dos 30, isso e os óbvios superpoderes que eu devo receber em 3, 2, 1…

Rumo aos mais de 100! 

funny-100th-birthday-smoke-cake1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.