Octopus Mom – Filho dormindo fora de casa

Que a gente cria o filho pro mundo eu já sei, mas existe uma diferença entre saber e realmente acontecer e nós precisamos estar preparadas pra isso.

Janeiro passou a ser um mês complexo, na verdade não só janeiro, mas todos os meses com férias. Qual é a melhor solução para quem trabalha e não pode ficar de férias junto com os filhos? Nessas horas só a Santa Vovó ajuda. Desde que o Caique está de férias ele tem revezado entre ficar na minha mãe e na minha sogra. Vai, passa o dia e volta.

Mas essa semana está sendo diferente…

Domingo minha sogra veio passar o final da tarde em casa e segunda-feira já estava combinado que o Caique iria pra casa dela. Depois que terminamos o lanche ela teve uma ideia e perguntou se ele gostaria de dormir na casa dela, assim ficaria mais fácil pra nós pela manhã. Sabe qual foi a resposta? “Tudo bem!”

Simples assim, conversamos, arrumamos a mochila e pronto.

Na hora de ir embora ele me disse “Tchau mamãe. Posso te contar um segredo? Vou sentir saudades.”. É claro que eu queria esmaga-lo e aperta-lo naquela hora, maaaaas… me contive, disse que também sentiria saudades, mas tudo bem, por que no dia seguinte a noite eu já iria estar com ele de novo. Demos um abraço e ele foi embora brincando com seus dinossauros.

Como eu ja disse anteriormente: Que a gente cria o filho pro mundo eu já sei, mas existe uma diferença entre saber e realmente acontecer e nós precisamos estar preparadas pra isso.

img

Um agradecimento especial as vovós e vovôs do Caique que estão sempre cuidando e dão todo carinho pra ele, amamos vocês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.