Octopus Mom – Dores da maternindade / paternidade

Eu sempre questionei porque não falamos das “coisas que ninguém te fala” quando descobrem que você vai ter filhos: o drama do puerpério, a dor da separação, a dificuldade de escolher um destino, o cansaço insano, a vontade de sumir e etc…

Para grávidas e mães só é permitido falar sobre beleza, felicidades, algumas dificuldadinhas amenas em forma de piada, nada que macule os sorrisos obrigatórios daquele momento.

10463839_876276772419498_4095225660288198599_o

Acredito que para não despurificar o que é lindo na maternidade, nem desmitificar a beleza de ser mãe/pai, ou até mesmo no afã de “não pecar” (as pessoas temem o inferno), nós engolimos seco as agruras da maternidade e criamos uma lista enorme de tabus sobre tudo que não pode ser apontado.

Sempre que se fala em putaquepariuqueinferno e filhos na mesma frase ou precisa ser em tom jocoso, ou já fazem cara de vexame. Mas nos grupos de whatsapp só vejo mães desesperadas com seus causos e julgamento sobre julgamento.

CARALHO! Filho dói e dói muito, e não tô falando de parto, não. E está tudo bem! É ruim, é cansativo, é dolorido e ninguém é menos mãe/pai por sentir tudo isso, por chorar baixinho de desespero, por sentir uma solidão infinita, ou um fardo demasiado.

20140418_165932

Não sinta vergonha. É assim mesmo, tá tudo normal com você. Muitas dores, dúvidas e choros ainda virão. Ache um caminho pra sua família ir dominando tudo isso, dentro da sua realidade. Não se compare, não se cobre, permita-se viver ao seu modo este novo e difícil momento.

Então, pais de primeira viagem, de segundos filhos próximos, de bebês adotados; mães, pais ou tutores que queriam desabafar só um pouquinho: sintam se abraçados e compreendidos. Compartilho com vocês uma máxima da minha mãe:

“Nada na sua vida poderia ter te preparado para isso, NADA.”

Para tão singular cansaço físico e emocional, para situações tão boas e ruins ao mesmo tempo. É mesmo um choque, não tem conselho que resolva. Mas que diminuir a culpa e quebrar os tabus ajuda, aaahhh, isso ajuda.

Notas

2 thoughts on “Octopus Mom – Dores da maternindade / paternidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.