Haja amor – Todo dia ela faz tudo sempre igual.

Amor não é uma coisa perfeita, felicidade não é uma mina que jorra 24 horas e propaganda de margarina é propaganda. Famílias tem defeitos, relacionamentos tem altos e baixos, e a vida, o todo dia, é uma merda e, também, uma coisa crucial para estreitar os laços e construir algo real.

O todo dia é a faca suja de manteiga em cima do pote, a privada com a tampa aberta, a tralha jogada pela casa, a luz de fora que dorme acesa, a capsula de café não retirada, o papel higiênico não reposto, a resposta atravessada, a série não assistida, a roupa não recolhida… São as pequenas irritações que são imperdoáveis e que magoam pela continuidade ritmada.

Em tempos de relacionamentos Tinder (sem julgamentos, acho utilíssimo) as pessoas tem preguiça de encarar as dificuldades que permitem que um relacionamento seja duradouro, porque tudo bem ser descartável… Existem pessoas na prateleira e isso é mais fácil do que transformar uma mágoa em aprendizado.

Acontece que nossas decepções são bons tijolos, quando é possível extrair delas um crescimento ao invés de simplesmente sobrepuja-las com uma felicidade nova em folha, elas nos acrescentam em muita à vida. Complicou?

Young_Couple_at_Breakfast_-_Gabriël_Metsu_-_Google_Cultural_Institute

Eu sou muito chata, ele é muito legal. Sou super organizada meio maluca, ele completamente desleixado. Sou meio bruta e ele todo fofinho. Ah, que lindo. Não… Que foda. Não é fácil conciliar nossas diferenças no todo dia, no sempre igual, ser chato todo dia é um porre, ser legal também. As coisas cansam…

Contudo, o invisível aos olhos do cotidiano é que nos une. Nós vemos um no outro o que está para além disso: são as coisas que acreditamos em comum acordo, as discordâncias que admiramos, as coisas que já transformamos em tijolos que dão forças para engolirmos os sapos do dia-a-dia, para transformá-los.

O todo dia as vezes acaba em lágrimas, outras vezes em risadas e o importante é sempre perceber nos momentos, como melhorar, como extrair das diferenças algo de bom pra vida um do outro enquanto indivíduos, e para a vida conjunta.

Relacionamento na vida real é menos mimimi e mais blábláblá. Faça ser infinito enquanto dure. Transforme.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.