Haja Amor – Sobre as amigas

Durante a vida eu tive algumas amigas…
Tive uma amiga que gostava de cerveja, conheceu um cara que gostava de cerveja também. Ele levou minha amiga pra conhecer os amigos dele e todos beberam cerveja e se divertiram mas aí ela começou a namorar com ele e ele ficava reclamando quando ela queria beber. Achava que MULHER BEBENDO ERA FEIO.

Conheci uma moça magérrima namorava um cara que dizia o tempo todo que ela era GORDA, que ela precisava fazer exercícios, que ela era MOLE.

Uma amiga minha tinha um namorado que tinha ciúmes de todo mundo, inclusive das amigas dela (que ele nunca quis conhecer, já sabia que nenhuma prestava). Se ela dizia que ia à padaria ele LIGAVA PRA MÃE DELA pra saber se era verdade.

Lá pelos 18 anos tive uma amiga cujo namorado fazia questão de dizer pra ela o tempo todo que antes de conhecê-lo ela era PUTA, uma BISCATE e que ele a tinha salvado, tirado ela dessa vida.

Um casal de amigos vez ou outra se atrasava pra sair com o resto da turma. O motivo? Ela se vestia e ele MANDAVA ela tirar a roupa se tivesse um decote ou fosse acima do joelho. Só VAGABUNDA usa roupa assim.

Conheço uma moça cujo namorado programou o celular dela pra enviar as informações de localização do GPS pra ele, assim ele SEMPRE SABE ONDE ELA ESTÁ.

Há uns anos atrás teve esse cara que pagava pau pra uma amiga minha. A sós ele era um cara até legal, falava de coisas interessantes e era gentil. Quando estavam entre amigos ele gostava de dizer fazer piadas machistas e HUMILHAR todas as mulheres, mesmo que nenhum dos homens do grupo achasse graça.

Uma amiga se relacionava com um cara que sempre levava ela pra balada e comprava mil bebidas pra ela. Depois de um tempo ela descobriu que ele gostava quando ela bebia até apagar. Assim que ela dormia era a hora do sexo anal que ACORDADA ELA NEGAVA.

O marido da minha amiga a trata como lixo. Quando ela reclama ele diz que ELA É MALUCA. Ele espalhou pra todos os amigos do casal que ela é DOENTE.

Tive uma colega de trabalho que não pintava as unhas e não usava maquiagem, o marido dela NÃO DEIXAVA.

O ex-namorado de uma amiga, um tempo depois do fim do relacionamento, a viu almoçando com um colega de trabalho. Ele fez uma cena e disse que ELA ERA DELE.

Ano passado, mês passado, semana passada, ontem, uma amiga minha morreu. Ela foi assassinada pelo marido, noivo, namorado, ex que achava que ela era COISA. Ela vivia um relacionamento ABUSIVO.

Eu conheci essas mulheres e conheci outras que passaram por coisas do mesmo tipo ou mais graves. Essas situações se repetem todos os dias e podem acontecer com as suas colegas de trabalho, com aquela amiga do colégio, com a moça que você conheceu na faculdade, com aquela menina que pega o mesmo ônibus que você. Pode acontecer comigo e também com você.

Um relacionamento saudável TEM que incluir, acima de tudo, respeito. Se seu parceiro te telefona e na ligação tem barulho de buzina é natural que ele te pergunte onde você está e se está na rua. Se você não pode por os pés pra fora de casa sem a PERMISSÃO do seu parceiro algo está errado.

É preciso parar e avaliar comportamentos o tempo todo pra saber em que pé está o relacionamento. Se você perceber que está vivendo algo assim ou se bater uma dúvida, peça ajuda. Procure uma amiga (aquela amiga bem honesta, que vai te dizer se as coisas estão legais ou não) ou procure grupos de mulheres na internet que discutem relacionamentos abusivos.

Se você estiver em dúvida mas estiver com vergonha de conversar sobre isso com alguém clique aqui.

Algumas dessas  situações podem parecer românticas, mas não são, assim como essa música:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.