Entre Cafés – Garota Exemplar

Dezembro pra mim é sempre um mês de mistério. É o último mês de um ano mas também o primeiro de outro e bate aquela sensação de futuro incerto. “O que farei no próximo ano? Meus planos darão certo? Será que consigo ganhar na mega sena?” Por isso esse mês pra mim é um mês de coisas que devem ser vistas com cuidado, de tensão quanto ao que vem a seguir, um mês de suspense. Pra começar um livro que não tem saído da minha cabeça e nem das listas dos mais vendidos de 2014, Garota Exemplar de Gillian Flynn.

gonegirl

Motivo: Sabe quando você acaba de ler um livro e precisa dividir com o mundo? Então, esse é o motivo. Há mais ou menos um mês atrás meu namorado disse que queria ver o filme, eu contei que era inspirado no livro e dias antes de irmos ao cinema ele me deu de presente. Acabei vendo o filme antes de ler o livro mas saber o que acontecia não me impediu de ficar tensa em vários momentos.

O Livro: Na manhã do seu quinto aniversário de casamento Nick Dunne recebe um telefonema de um vizinho informando que a porta da sua casa está aberta e algo está errado. Ao chegar em casa Nick encontra a sala bagunçada, aparentemente cenário de uma luta, e sua esposa Amy, inspiração da uma série de livros infantis Amy Exemplar,  está desaparecida. A partir daí a investigação policial e trechos do diário de Amy mostram a tragetória do casal e as dificuldades do relacionamento passando a apontar seu marido como principal suspeito.

Vale à pena? : Você já leu um livro de um autor que faz do leitor o que quiser? Te joga pra um lado, depois pra outro, pra cima e ainda te faz dar um pulinho? Pois é exatamente isso que a autora Gillian Flynn faz ao longo do livro. Se no início do livro é fácil ver que Nick é inocente em alguns capítulos ele se torna um culpado evidente, é impossível não ficar confuso e perdido entre as duas ideias (mesmo sabendo o final). Então sim, vale muito à pena.
Se você tiver assistido o filme a leitura do livro ajuda a compreender melhor os personagens, seu passado e o que faz deles o que são. Se não viu se permita ler o livro e depois ver o filme, o roteiro é brilhantemente adaptado mas o livro sempre tem mais nuances e detalhes necessários pra enriquecer a trama. De qualquer forma leia o livro e veja o filme, ambos são excelentes!

Pra acompanhar: duas opções acompanham bem o clima, um chá de camomila, pra ajudar a relaxar ou um ristretto pra aumentar a tensão de vez e mergulhar na trama 😉