Brasa Play – Diablo III – Ultimate Evil Edition

Diablo é uma franquia de RPG de ação da Blizzard Entertainment quem em 2012 chegou em seu terceiro título e sua expansão chamada de Reaper of Souls foi lançada em 2014 e assim a Ultimate Evil Edition reune esses dois conteúdos, sendo exclusiva para os consoles.

A história desse terceiro jogo é a continuação de seu antecessor após 20 anos e começa com a queda de um cometa no mesmo local onde Diablo havia sido preso e com isso os guerreiros se reúnem para combater novamente o mal e esses se dividem em várias classes que são: Arcanista, Bárbaro, Caçador de Demônios, Cruzado, Feiticeiro e Monge, independente da classe que escolha você é um Nefálem o único que pode realmente enfrentar o Mal Supremo e salvar o mundo de seu terrível destino.

O jogo em seus momentos iniciais é focado na campanha até mais ou menos o nível 70 ( que é o máximo) após isso que Diablo III mostra pra que veio e a partir daí que o jogo realmente começa, ao atingir o nível máximo o personagem passa a ganhar os chamados níveis de excelência que chegam até 10.000 e se dividem em quatro categorias: Atributos Principais, Ataque, Defesa e Utilidade e para tornar essa evolução mais divertida a Blizzard adiciona novos modos de jogo que são:

  • Caçadas: São missões especificas que ocorrem em momentos durante a campanha.
  • Fendas: São a combinação de vários calabouços com o objetivo de matar um número total de monstros até o Guardião da Fenda aparecer e ao mata-lo a fenda pode ser fechada e outra aberta.
  • Fendas Maiores: São praticamente a mesma coisa das Fendas mas existe um limite de tempo e também existem vários níveis de dificuldade e ao derrotar o Guardião da Fenda você recebe uma gema lendária e a possibilidade de melhorar essas gemas.

Diablo III é composto de uma jogabilidade infinita, uma boa história além de contar com uma excelente dublagem e um belo gráfico mas claro que existem problemas também e o que definitivamente me irrita mais é o lag dentro de partidas cooperativas, já joguei no PC, PS4 e Xbox One e acontece de forma mais acentuada nos consoles mas não deixa de estar ausente nos PCs também e juntemos ao fato também que em alguns momentos o jogo se torna repetitivo demais mas a Blizzard vem frequentemente lançando novidades pra minimizar e não deixar o jogo morrer mas seja nessa época de poucos lançamentos ou quando saem três jogos por semana sempre é uma boa pedida seja sozinho ou com amigos.

Pontos Positivos:

  • Bons Gráficos.
  • Excelente Dublagem.
  • Jogabilidade sem fim.
  • Sempre sendo atualizado com coisas novas.

Pontos Negativos

  • Lag frequente em partidas online.
  • Jogabilidade pode ser enjoativa após a campanha.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.