Aventurista – Bolivia não é só o Braz

 

Pra quem tem aquela velha opinião de que a Bolivia é um país pobre e que você vai se sentir andando no Braz, fecha teu laptop agora e desencana de ler esse post. Ou melhor, lê pra ver que tá errado.

A Bolivia é sim um país pobre, confuso e cheio de Bolivianos (logicamente e isso não é ruim), mas é um país rico em cultura, cheio de belezas naturais e MUITA coisa maluca.DSCN0778

La Paz é sempre confundida com a capital do país, mas não é. Apesar de ser a maior cidade da Bolívia, a capital é Sucre.

Apesar disso, o presidente Evo Morales está sempre por aquelas bandas e, diga-se de passagem, que bandas altas.

Ao pousar em La Paz, você já está acima dos 4.000 m de altitude. Na verdade, você está em El Alto, um anexo a La Paz.

A impressão ao chegar é de que a cidade de La Paz é uma grande favela, pois nenhuma casa tem acabamento, mas na verdade isso é uma manobra dos moradores para não pagarem o “IPTU” deles, que só é cobrado quando a casa é terminada.

Gato é o que não falta por ali e olha, não estou falando do animal. Os postes têm tantos fios que dá medo de dar um curto bem na hora que você está passando.

E o trânsito?! Fecha os olhos e vai. Se você acha São Paulo parado e que no Rio as pessoas dirigem mau, dá um pulo por lá e veja a maravilha que vivemos no Brasil.

“Mas Bruno, parece que você não curte o país, só falou mal”. Enganado você está jovem Padawan.

O que estou falando são peculiaridades e não acho elas nem um pouco ruins.

Uma vez em La Paz, você pode ir pro Mercado de las Brujas, onde você verá fetos de Lhamas secos pendurados pelo pescoço. O Rodrigo Hilbert jamais seria criticado se as pessoas vissem isso.

A catedral é incrivelmente bela e está intacta desde a colonização (ou genocídio, como você preferir encarar a história).

Tem um teleférico bem massa que passa por cima da cidade e o sul da cidade é a parte rica, com grandes casas, essas sim com acabamento.

No entorno de La Paz você pode fazer VÁRIAS paradas, como descer a estrada da morte de bike, visitar as ruínas de Tiwanaku do período pré inkaiko, escalar uma montanha de 5.000 m e depois outra de 6.000 m ou então pegar um ônibus pra ir pro Lago Titicaca ou pro Salar de Uyuni.DSCN0807

Deixa esse preconceito de lado e de ficar pensando que América do Sul é Chile, Machu Picchu (só se fala disso sobre o Peru) e Argentina. A Bolivia é incrivelmente bela e vale a sua visita.

E digo mais, o real vale mais que o Peso Boliviano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.